Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Monitoria Inclusiva

A Monitoria Inclusiva teve inicio no ano de 2014 e vem sendo aperfeiçoada com o olhar dos alunos participantes do projeto para vencer as barreiras enfrentadas pelos alunos com deficiência. É comum para quem não tem deficiência não perceber que algumas atitudes ou situações simples podem ser uma barreira muito grande que impede a participação de alguns alunos com deficiência ou demais necessidades. Os monitores inclusivos, junto aos alunos assistidos, buscam criar propostas para reduzir tais barreiras.

Os monitores inclusivos são alunos de graduação que se dedicam 10 horas semanais em atividades de ações afirmativas ao aluno com deficiência, dando suporte como ledor, transcritor, audiodescritora de figuras, imagens, desenhos e vídeos. Outra atividade que também demanda atenção do monitor inclusivo é a adaptação de materiais e livros usados por alunos com deficiência visual.

É importante lembrar que a Monitoria Inclusiva difere muito da Monitoria Acadêmica. Os monitores Inclusivos não tema função de explicar, lembrar, auxiliar na resolução de atividades ou avaliar o rendimento do aluno. Sua função é a de zelar pela integridade física e moral, oferecendo autonomia ao aluno em todos os espaços da universidade. O monitor inclusivo tem a possibilidade de observar como acontece o movimento de Inclusão na universidade e auxiliar o protagonismo dos alunos com deficiência e demais necessidades.

E quem disse que uma pessoa com deficiência é apenas alguém que recebe cuidados? Hoje temos alunos com deficiência que também auxiliam outros alunos com deficiência, onde também podem desenvolver outras atividades, participar de outras monitorias e projetos. Ter deficiência ou alguma necessidade educacional especial não deve ser encarado como limitação, mas como um desafio a ser vencido e a Monitoria Inclusiva já vem observando grandes mudanças!

SÃO ATIVIDADES DA MONITORIA:

  • O acompanhamento presencial em sala com objetivo de incluir o aluno com deficiência para na realização de atividades de rotina que podem ser apresentadas a ele como barreira. Trata-se de um serviço de suporte à execução de atividades;
  • O acompanhamento a distância, auxiliando o aluno com deficiência no acesso ao material da disciplina, organização da rotina de estudos, etc;
  • A adaptação de material acadêmico utilizado pelos alunos com deficiência, como a digitalização e adaptação digital de obras da bibliografia, confecção de materiais em relevo e outros materiais;
  • Elaborar e discutir estratégias, propostas e ações que visam as politicas afirmativas de inclusão, o principio da autonomia e diminuição das barreiras existentes aos alunos com deficiência e demais necessidades.
Registrado em: Acessibilidade
Fim do conteúdo da página